Logo Vaxxinova
Entrar ou criar conta
  • Faça o login preenchendo os campos abaixo.

    Fechar
  • Cadastre-se e tenha acesso aos nossos conteúdos exclusivos!

    Fechar
Logo Vaxxinova

Vaxxinova, unidade suínos, realiza treinamento técnico para seus parceiros comerciais do RS e SC

A Vaxxinova Unidade Suínos, realizou um treinamento técnico no dia 15/10 em Sarandi-RS para a sua equipe e parceiros comerciais Biomix e Produvet.

Visando a forte capacitação técnica da nossa equipe comercial, como forma de diferenciação no mercado, a Unidade de Negócios Suinocultura da Vaxxinova realizou um treinamento técnico no dia 15/10, em Sarandi-RS, para a sua equipe e parceiros comerciais Biomix e Produvet. O treinamento foi ministrado pelo Prof. Dr. Rafael Frandoloso, PhD em Imunologia e Microbiologia Veterinária.

O prof. Frandoloso tratou de temas-chave relacionados com o sistema imunológico suíno e vacinologia aplicada ao desenvolvimento de vacinas autógenas. Com relação ao segundo, apresentou uma serie de “verdades e inverdades” sobre as vacinas autógenas; e destacou a impossibilidade biológica de se formular vacinas bacterianas (inativadas) com inúmeros patógenos sem comprometer a imunogenicidade da vacina (capacidade a produção de anticorpos). Ainda, destacou as diferenças imunogênicas entre os patógenos que causam doenças respiratórias e sistêmicas nos suínos, e apresentou casos clínicos de vacinas autógenas de sucesso e insucesso imunogênico.

No entendimento do prof. Frandoloso, é fundamental analisar o perfil sorológico dos animais antes e após a introdução de uma nova vacina autógena no rebanho; por tratar-se de uma vacina experimental, a prova de imunogenicidade ocorre diretamente na granja e consiste na análise que demonstrará se a vacina está induzindo a resposta de anticorpos desejada, ou se a formulação precisa ser melhorada em razão das características imunogênicas dos antígenos vacinais (cada vacina é única).

Ao longo do treinamento, o prof. Frandoloso destacou todos os cuidados em nível de granja que são imprescindíveis para que o isolamento do(s) agente(s) etiológico(s) possa ser realizado com sucesso a nível de laboratório. Neste particular, destaca-se:

i) a correta identificação dos animais doentes;

ii) coleta de amostras biológicas estratégicas;

iii) acondicionamento e envio rápido das amostras ao laboratório.

Em nível laboratorial foi apresentado as estratégicas moleculares para caracterizar os microrganismos e selecionar as cepas vacinais com critério científico. Também, destacou o período mínimo para se desenvolver uma vacina autógena a nível industrial (considerando uma planta fabril moderna).

Por fim, levando-se em consideração o portfólio das vacinas autógenas Vaxxinova, foi discutido estratégias de vacinação para cada agente levando em consideração:

i) o momento da apresentação das doenças na granja;

ii) nível de imunidade pré-existente;

iii) tipos de antibióticos que podem afetar a performance das vacinas;

iv) estratégias sorológicas para monitorar o desempenho imunológico das vacinas.

A Unidade de Negócios Suinocultura salienta que com as vacinas de qualidade e confiança da marca Govaxx®, e com uma equipe altamente capacitada, a empresa revoluciona o mercado de vacinas autógenas.

UN Suinocultura

Em destaque na imagem, os profissionais Leandro Xavier, Alessandro Anderson, João Antonio Guizzo, Rafael Frandoloso, Rogério Petri, Arthur Pastre, Cleo Barbiero, Cristian Calderan, José Luiz Athayde Costa